13 de fev de 2015
Oi pessoal, passamos um bom tempo afastados, não? Porem agora estou de volta, com explicações e novidades.
Há tempos venho dando esses sumiços, e já expliquei que não importa o tempo que eu fique fora, algum dia voltarei para dar as devidas informações.
Nas férias eu postava algumas vezes por semana, mas elas foram chegando ao fim e eu acabei aproveitando mais e deixei o blog de lado. Não porque eu quis, mas sim porque estava viajando de cidadezinha em cidadezinha. Ficando sem net e entre outros probleminhas. Quero que saibam que por mais que não postava, eu me lembrava desse cantinho, meu celular está cheio de ideias novas, fotos, textos e etc.
 As aulas começaram, as semanas estão ficando mais longas na escola e mais curtas em questões de lazer. Os finais de semana acabando passando em um piscar de olhos.
Postarei algumas vezes por semana e sempre me esforçando para agradar a todos.
Deixaremos então de lado essa fase, e daremos continuidade. J
Oi pessoal, depois de todo esse tempo, fiquei na duvida se faria uma seleção de fotos aqui, com todas as que eu fui tirando com o decorrer do tempo ou se postava alguma resenha. Agora que voltei, quero postar tudo que eu fui armazenando no celular e no computador para vocês.
Eis aqui, o que decidi deixar, uma resenha. Espero que gostem!!
Primeiramente eu contei para vocês que a partir de fevereiro, as fotos seriam de minha autoria. Então meus queridos e amados leitores. Com todo meu carinho:


Esperança
Como eu já havia começado resenha crítica dessa trilogia, eu vim termina-la para vocês. O terceiro e ultimo volume da trilogia Jogos Vorazes.
É de partir o coração olhar para trás e relembrar a primeira vez que sentei para elaborar a resenha do primeiro livro, e aqui estou tentando elaborar da melhor maneira possível seu final. Mas ao mesmo tempo sinto orgulho e gratidão... Vamos ao que interessa.
Ganhei esse livro da minha prima e fiquei louca pra ler. No inicio me decepcionei bastante porque a leitura não estava me cativando, não me levava pra dentro do livro e eu não estava interessada. Então o deixei de lado, e fui ler os outros 3 que eu tinha ganhado junto com esse. Terminei todos e recomecei A Esperança, juro que foi preciso passar da pagina 50 (ou mais) para entrar na historia. No inicio eu estava dispersa e a historia estava confusa. Se você estiver indo lê-lo, e isso acontecer com você também, por favor, pelo amor dos deuses. NÃO PARE.


Eu sofri junto com a Katnip, cada morte, cada situação, a depressão, os problemas, a responsabilidade, estava me sobrecarregando, e eu me sentia com o peso sobre as costas.  
Ele é totalmente carregado de tensão, de cenas fatais. Confesso que chorei em algumas partes, e claro, teve as piores, que eu acho impossível não chorar, e no final meu coração apertou.
Senti orgulho daquela menininha que se voluntariou por causa de sua irmãzinha, aquela menina que não tinha certeza de seus sentimentos, que guardava ressentimento da mãe, falta do pai, ódio de Peeta, logo depois amor, o que a deixava totalmente segura. Agora ela sabe o que quer e vai lutar ate o fim, ate a ultima linha do livro para conseguir o que quer.
Senti raiva, mais do que sempre tive do Haymitch, eu sempre tive um mau pressentimento em relação a ele, essa perspectiva vem desmanchando desde o Em Chamas, em AS eu não sabia o que eu sentia por esse cara, eu fiquei confusa. Mas no final, sempre temos um amor muito grande por cada personagem, inclusive o meu amado presidente Snow. Eu sempre odiei esse cara, mas no final do livro, meu coração abriu pra ele entrar.




O que dizer sobre Gayle? Desde sempre gostei dele, se não fosse por ele, Katniss estaria perdida. Apesar de TUDO, ele SEMPRE esteve ao lado dela, ajudando no que precisasse, sem guardar rancor ALGUM.
Orgulho, carinho e amor em relação à Prim <3 e meus agradecimentos pela evolução da sua mãe.
(Quando já estava no final eu fiquei desesperada, pensando “Meu Deus, será se vai dar tempo de terminar o livro nesse pouquinho de pagina? Aposto que esta faltando às outras.” Creio que quase todos os leitores pensam isso no final dos seus livros que tanto amam.)
Eu fiquei totalmente embasbacada com quatro situações do livro. Primeiro porque já havia me dado spoillers, eu já sabia o que ia acontecer com um dos protagonistas, então já fiquei pra baixo... Mas eu não sabia o que me esperava. Situações que me deixaram sem reação, parava de ler toda hora e olhava pro nada, pensando como a Suzanne Collins pôde ter feito aquilo. Não deixem de ler  a trilogia, se já leu, prossigam. FINAL SURPREENDENTE.






Parabéns para todos aqueles que trabalharam e se esforçaram para transformar essa família. E claro, à nós leitores!!!!
Uma boa noticia esse não é o fim dos posts sobre essa serie, ainda vou fazer o especial de Jogos Vorazes, que consiste em um post especial a todos os filmes. Que vocês verão no futuro.
Minhas eternas saudades, meus sentimentos e toda compaixão ao todos os mortos, desde o princípio dos Jogos Vorazes, desde o ultimo massacre.
“Eu me enrosco, fico menor, tento desaparecer completamente. Envolta no silencio, giro minha pulseira onde está escrito MENTALMENTE DESORIENTADA varias vezes em torno do pulso.”

Eterna Tributo! 
6 de jan de 2015
Oi oi, pessoal.
Ha algumas semanas eu fiz a resenha do livro A Seleção, primeiro livro da trilogia. E hoje eu trouxe o segundo volume. Nao contem Spoiller desse livro, mas tem algumas do primeiro.
Eu fiquei bastante satisfeita com o resultado desse livro. A Kiera Kass realmente caprichou. Esse livro me deixou bastante empolgada com o decorrer da historia e eu não tenho nenhuma crítica negativa. A não ser pelo fato de ter terminado em um ponto culminante. 
A Elite já me deixou presa a ele pelo simples fato de a America ter começado a mudar, ela amadureceu e parou com o "mimimi" irritante. Aquela ideia fixa de querer continuar para conseguir dinheiro e mandar para sua família, já começou a se transformar, ela realmente estava cogitando a ideia de gostar de Maxon.
E o fato de America estar em duvida entre Aspen e Maxon foi ficando mais evidente.
Eu fui surtando. Porque na maioria das vezes eu não tenho um preferido, por exemplo:“Eu quero que ela fique com Maxon.” Ela e Aspen já tinham um romance, então... eu quero que eles acabem juntos.”
Na verdade eu entrei nessa historia doida pra que acontecesse algo que eu nao quisesse. (Gosto desse tipo de decepções.)
 Eu esperava ser surpreendida. Embora eu soubesse que meus pensamentos e vontades não influenciariam no final do livro, eu não preferiria o Maxon (embora a maiorias das leitoras preferissem ele). Eu queria apenas que ela levasse em consideração que ele era um bom homem, um “partido e tanto”. Que ela conhecesse o Maxon maravilhoso, que todas nós – leitoras – conseguimos enxergar e acabar apaixonando por ele também, e eu entendo
Embora isso me perturbasse, o fato de ela ficar cada vez MAIS confusa em quem ela escolheria, foram acontecendo coisas, que estava deixando-a mais insegura de sua escolha.
E isso atormenta cara, a gente fica aqui torcendo pra tudo dar certo...
Peguei todas as fotos no google. E como dito anteriormente, as fotos só serão de minha autoria a partir de fevereiro.
So que, tem um porem... a historia acaba levando outros rumos, outros objetivos... como os Nortistas e Sulistas, cada um tem seus objetivos e o castelo esta sofrendo vários ataques perigosos. Isso acaba nos distraindo e dividindo a atenção.
Então amores aproveitem! Beijão
3 de jan de 2015
Oi amores!
A resenha de hoje é do livro Se eu Ficar.
(Como eu venho explicando. As imagens não são de minha autoria, eu as peguei no Google. Apenas no mês seguinte as imagens serão fotografadas por mim, devido a câmera que eu ganharei.)
Depois do acidente, ela ainda consegue ouvir a música. Ela vê o seu corpo sendo tirado dos destroços do carro de seus pais – mas não sente nada. Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida, enquanto seus amigos e parentes aguardam na sala de espera... e o seu amor luta para ficar perto dela. Pelas próximas 24 horas, Mia precisa compreender o que aconteceu antes do acidente – e também o que aconteceu depois. Ela sabe que precisa fazer a escolha mais difícil de todas.

Diferentemente dos outros livros, esse eu vi o filme antes de ler o livro. E isso me irritou muito. Porque se eu soubesse que tinha o livro, não teria visto o filme primeiro. Depois de 2 semanas mais ou menos, fui na livraria e vi que tinha o livro. E eu não gosto de ver o filme antes de ler. Mas mesmo assim eu comprei e li.

Claro que eu não fiquei tão satisfeita, do mesmo modo que eu ficaria se eu tivesse lido antes de assistir. Mas eu pude encontrar os mínimos detalhes nesse livro e ele é incrível.
O filme eu só assisti porque minha amiga assistiu, e me disse que era maravilhoso e que ela tinha chorado muito. Quando eu assisti, foi sim um filme emocionante e cheio de tensão. Só que ele não me fez chorar muito. Eu derramei uma lagrima ou outra. Mas eu mesma não entendi o porquê, eu sou muito fácil de chorar em filmes.
Mas vamos ao que interessa. Esse livro não dá pra ficar falando muita coisa, porque se não vai acabar saindo Spoillers e isso é muito chato.
Um drama que vai deixar vocês chocados, e muito ansiosos para o final. No livro eu chorei mais que no filme, pois ele deu os detalhezinhos que foram capazes de mexer comigo. E eu fiquei abalada. Esse livro é muito bom, e é narrado em duas partes. Uma conta a historia antes do “Grande Acontecimento” e a outra parte, conta durante o “Grande acontecimento”.
A historia se desenvolve facilmente, e com pequenos acontecimentos (fora do assunto que envolve apenas a TRAGEDIA). Pequenos acontecimentos tanto da vida adulta, como da vida adolescente, e ate da vida infantil.
Essa historia não tem um lado “mais pra adolescente” ou “mais pra adulto”. Essa historia, pode ser lida e acompanhada desde crianças ate idosos.

Um detalhezinho muito fofo são as folhas, que são decoradas com notas musicais, que tem TUDO a ver com a historia. Depois do livro eu aprendi muitas lições, que eu vou deixar para vocês descobrirem.

TODAS AS FOTOS DO GOOGLE.
Sem mais palavras. Leiam, é incrível.
2 de jan de 2015
Oi pessoal.
O post de hoje vai ser um pouquinho diferente.
Acabei de chegar de uma viagem (Nova Roma - Goias)  e la fotografei em alguns lugares. Vou deixar algumas fotos para vocês, apenas para não deixar vago. Em 3 dias o blog volta. E eu estarei com tempo de sobra para elaborar posts legais.
Feliz Ano Novo meus amores. Sucesso para todos nos!
P.S. > Foram tiradas pelo celular do meu avo! E estão sem filtro.







28 de dez de 2014
Oi leitoras e leitores.
Hoje eu trouxe a resenha do livro A Selecao.
Autoraː Kiera Kass
Esse livro me chamou atenção pela capa. Eu fui à livraria e vi a menina com um vestido lindo. Então eu falei “é esse!”. Comecei lê-lo e não parei. Foi meio que automático. Eu fazia uma coisinha ali, e voltava para o livro. Assim, eu terminei rapidinho, e quando fui comprar o segundo, meu pai falou que eu podia comprar 2. E qual eu escolhi? O terceiro e ultimo.
Todas as Fotos do Google
No mesmo dia eu terminei o segundo e já comecei o terceiro. E então eu os deixei na prateleira e nem me lembrei de que eu poderia fazer resenha deles. Porem cá está.
Para quem gosta de romance, pronto. Nem precisa de mais explicações, mas para aqueles que não são fã de livros de romance, calma ai!
O livro retrata a historia de uma garota chamada America Singer, que é selecionada para A Seleção, juntamente de outras 34 garotas. Que consiste na seleção de varias garotas de quaisquer castas - são divididas das mais pobres (8) ate as mais ricas (1). (America é  da casta 6). Onde elas vão disputar uma vaga de princesa. Onde o príncipe poderá escolher entre todas, apenas uma.
Ela só se inscreveu porque sua mãe queria muito. E ela já estava certa de que não seria escolhida. 
Mas não é tão simples assim. America tem um amor proibido, e não quer deixa-lo. Mas ela não tem outra escolha, a não ser ir. Assim ela poderá conseguir dinheiro e ter melhorias na qualidade de vida da sua família. Que são muitos. La ela passa por muitas situações diferentes, que deixa a historia bem mais legal.
Eu fiquei completamente apaixonada pela trilogia E meus pais disseram que se eu não moderasse, ficaria de castigo.ː\  Eu estava trocando a escola pelos livros).
(Spoiller nesse parágrafo)
Uma coisa bem tensa no livro, é que o Rei, pai de Maxon é bem rigoroso e é capaz de fazer muitas maldades, há partes em que pessoas irão sofrer na mão desse homem. E America é praticamente contra tudo que o Rei faz, e isso vai deixa-lo furioso, pois ela irá agir da maneira errada!
E a raiva que ela sentia pelo príncipe Maxon, pode mudar. Mas e seu amor proibido?
Não espere. Comece a ler!! 

Facebook

Search

Tecnologia do Blogger.

Translate

Ainda não viu? *Melhores*

Blog da Letícia K. Oliveira

Blog da Letícia K. Oliveira
Divirtam-se no mundinho da Let! Blog incrível cheio de posts variados e interessante <3 Clique na imagem e acessem!